"Tenho que ser uma pessoa muito comunicativa e extrovertida para fazer Jornalismo?"

Por Carlos Rodrigo

Imagem: Reprodução | Google | 

Entre várias coisas, os vestibulandos que têm dúvidas sobre cursar Jornalismo me perguntam bastante como eles precisam ser para entrarem na faculdade. Pega o bloco de notas e anota, essa é forte e pra nunca mais esquecer: você não precisa mudar quem você é para entrar na faculdade! Se mudanças forem necessárias, elas acontecerão naturalmente.



Imagem: Reprodução / Google
Jornalismo tem haver com técnica, com conhecimento, senso-crítico. Um Jornalista bem formado, por mais que seja uma pessoa introvertida, saberá quando for ou não necessário agir de forma mais descontraída, e saberá fazê-lo. É extremamente complicado pedir para uma pessoa introvertida e que gosta mais de ouvir do que falar para mudar isso ao avesso; mudar sua personalidade. O certo é que essa pessoa não precisará ser comunicativa em sua essência, precisará saber ser comunicativa na profissão. Entende a diferença?

Mas, entenda também, não pode ser antissocial! Aí já é outra coisa. Afinal, Jornalismo é um curso de Comunicação Social, então a incoerência tá cuspida na cara. 

Conforme o tempo da graduação passa, o discente enfrenta tantas atividades que estimulam a comunicação que acaba se tornando comunicativo em vez de apenas saber. Isso acontece de forma despercebida e é positivo, pois, obviamente, uma pessoa comunicativa e extrovertida por natureza na área de Comunicação Social tem maior facilidade nesse meio. 

De qualquer forma, dentro do Jornalismo existem áreas de atuação que exigem menos ou mais de alguns dos aspectos em questão.

Espero ter ajudado. Não esqueça o seu comentário e até a próxima.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Sobre o autor: Carlos Rodrigo é Escritor, Blogger, Acadêmico de Jornalismo e mais um apaixonado por Fotografia. Instagram | Twitter | Blog

2 comentários:

  1. As vezes me pergunto se estou no curso certo por ser um tanto tímida, mas o curso e a universidade abrem tantas portas pra gnt que vc acaba sE adaptando a esse mundo novo da comunicação. Sem contar que a vida não tem graça se vc ficar sempre na sua zona de conforto. :)
    Obrigada pelo post Rodrigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada, Bia.
      Eu que agradeço pelo comentário. Ótima observação, realmente não tem a menor graça ficar congelado na zona de conforto.

      Abração!!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.